Prefeito grava vídeo para explicar sobre Coronavírus e tranquilizar a população

O prefeito de Pirassununga, Dr. Milton Dimas Urban, gravou um vídeo nesta sexta-feira (28) para explicar sobre a investigação de um caso em que se levantou suspeita de coronavírus em Pirassununga. O prefeito, que é médico, explicou sobre o caso e também pediu calma à população, ponderando que o caso é apenas investigado, e que todas as medidas necessárias foram adotadas prontamente ante a situação.

Segundo o Dr. Dimas, o coronavírus é de fato agressivo, principalmente a idosos ou quem apresenta problemas crônicos. Apesar disso, ele ?Sobre o caso de uma paciente da Academia da Força Aérea, eu particularmente como médico não acredito que seja corona?. Segundo ele, a paciente apresenta poucos e leves sintomas, além de não apresentar sintomas mais agudos, como fortes dores e falta de ar.

Ainda assim ele elogiou as medidas adotadas prontamente. ?Foi muito acertada a epidemiologia, que isolou ela na casa e colheu o teste. Acredito que seja negativo, mas eventualmente pode ser positivo?, alertou.

Vale destacar que ainda nesta quinta-feira (27) a Vigilância Epidemiológica de Pirassununga informou estar investigando um caso suspeito de coronavírus ? o caso é de uma mulher de 59 anos, atendida no Pronto Atendimento do Hospital da Academia da Força Aérea.

Como ela apresentava queixa de coriza e calafrios e histórico de retorno recente de viagem para a Itália, mesmo não apresentando o quadro característico de febre associado a tosse e esforços respiratórios, foi realizada a notificação do caso em virtude do histórico de viagem para área com transmissão.

O próprio prefeito explicou na quinta-feira (27) que segue acompanhando o caso e apontou que os sintomas não são tão característicos do vírus em questão, como febre alta, falta de ar e dores musculares. Nesta sexta-feira (28) o prefeito reforçou que independentemente do resultado dos exames, não há razões para alarde ou clima de tensão, já que todas as medidas têm sido adotadas, seguindo os protocolos recomendados.