Prefeito e Sindicato oficializam acordo coletivo de reajuste

Em menos de uma semana, o prefeito Ademir Lindo refez a proposta inicial de 3%, em duas parcelas de 1,5% cada (a primeira, então para ser paga em 1º de novembro; e a segunda, em 1º de janeiro de 2018) e incrementou para o pagamento dos mesmos 3% oferecidos – sendo 2% para 1º de novembro, e 1%, em 1º de janeiro de 2018, mais R$ 10,00 no vale-alimentação – selou o acordo de reajuste para os servidores municipais.

Este ato encerrou um princípio de paralisação dos serviços municipais. Na tarde desta quarta-feira (13), o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Ordirley Montesinos seguiu até ao gabinete do prefeito Ademir Lindo para a assinatura do acordo de reajuste. No final, cumprimentou o prefeito e agradeceu a atenção.

O próprio prefeito fez um comentário final, após a assinatura formal do acordo: “Agora vamos voltar ao trabalho, porque nossa cidade precisa dos serviços municipais para que funcione toda a estrutura. Chega de impasse”, encerrou.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: