Proclamação da República: veja quais serviços públicos que abrem e fecham no feriado

Uma das datas mais importantes para o calendário nacional, a Proclamação da República é celebrada anualmente em 15 de Novembro, já que foi neste dia, no ano de 1.889, que o Marechal Deodoro da Fonseca proclamou a República no Brasil.

Por isso é respeitado feriado nacional na data tão importante para o cenário democrático brasileiro. Assim como em todo o país, em Pirassununga a data tem funcionamento especial de alguns serviços nesta quinta-feira (15). No dia seguinte, uma sexta-feira (16), os serviços também não funcionam já que foi decretado ponto facultativo nas repartições municipais de Pirassununga.

Mesmo com diversos serviços não funcionando na quinta e na sexta-feira, cabe ressaltar que os considerados essenciais seguem em trabalho normal para garantir o atendimento à população. Seguindo o regime de trabalho adotado no Brasil e no Estado de São Paulo, não haverá expediente dos serviços públicos, com exceção, além dos essenciais, dos plantões.

 

Veja o funcionamento dos serviços públicos de Pirassununga no feriado:

Serviços Municipais – Os serviços municipais não funcionam na quinta-feira e na sexta-feira (16). As seções municipais prestadoras de serviços, seguem desta forma:

••• Paço Municipal e anexos – Não será aberto ao público na quinta-feira (15) e na sexta-feira (16), já que foi decretado ponto facultativo.

••• SAEP – Como nos demais serviços da municipalidade, sem abertura ao público na quinta-feira e na sexta-feira.

••• GM – A Guarda Civil Municipal vai atender em forma de plantão permanente, inclusive em todo fim de semana.

••• Vigilância, CEM e UBS’s – As unidades não terão atendimento na quinta e na sexta-feira (16).

••• Pronto-Socorro – Funciona em sistema de plantão, inclusive nos feriados e pontos facultativos.

••• Coleta e Feira Livre – A coleta de lixo funciona normalmente em todos os dias; a Feira Livre segue o calendário normal.

••• Escolas municipais e creches – Não funcionam nem quinta nem sexta-feira, retornando às atividades normais na próxima segunda-feira (19).

 

Saiba mais sobre a Proclamação da República

No final do século XIX, embates com religiosos, questões sociais, como a escravidão, e crise na relação com os militares enfraqueceram o apoio ao império de Dom Pedro II e iniciaram os eventos que culminaram na proclamação da República.

As decisões do governante em defesa da maçonaria, que desagradavam os até então aliados católicos, a abolição da escravatura, sem indenização aos senhores de escravo, e o desejo de participação política dos militares que venceram a Guerra do Paraguai em 1870 são alguns exemplos do cenário que levou o Marechal Deodoro da Fonseca a proclamar a República em 15 de novembro de 1889.

Fonte: Governo do Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: