Moradores devem receber Agentes de Saúde e participar de cadastramento que garante repasses de recursos do SUS

A Secretaria Municipal da Saúde informa: o Ministério da Saúde lançou um novo projeto chamado Previne Brasil, que muda a forma como o Governo Federal distribui recursos aos municípios para cuidar de mais brasileiros por meio do SUS (Sistema Único de Saúde).

Conforme a pasta, a partir de abril o número de pessoas cadastradas será um dos novos critérios para definir os recursos federais que os municípios receberão. Por isso, os municípios têm até abril para atualizarem os cadastros e receberem os valores referentes ao primeiro quadrimestre do ano de 2020 a partir de maio.

Por isso os cadastros devem ser constantes para que todo brasileiro que precise do SUS tenha o seu vínculo garantido e acompanhamento adequado.

A Secretaria Municipal da Saúde solicita então que todos recebam os Agentes de Saúde em seu domicílio e apresentem os documentos solicitados para o recadastramento, garantido assim ao nosso município o envio dos recursos federais e a assistência à saúde de todos. O recadastramento pode ser feito também na sua Unidade de Saúde.

Os documentos necessários para o cadastro são: Cartão Nacional do SUS; CPF; RG/CNH ou documento com foto; NIS/PIS/PASEP (se possuir); e Comprovante de Endereço (quando o cadastro for feito na Unidade de Saúde).

A Saúde Municipal reforça que os cidadãos que possuem convênio médico também devem fazer seu recadastramento, já que todo cidadão, em algum momento, utiliza os serviços do SUS (como farmácia/fornecimento de medicamentos e vacinas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *