Solenidade marca lançamento da 24ª Semana Nenete

Nesta quarta-feira (dia 6), a partir das 20 horas, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo faz o lançamento oficial – em ato solene – da 24ª edição da Semana Nenete de Música Caipira, considerado um dos principais eventos deste segmento em todo o país.

Esta solenidade acontece nas dependências do Centro de Convenções “Prof.-Dr. Fausto Victorelli” e têm como atrações no lançamento, da Orquestra “Canarinhos da Viola” e o Grupo de Danças Parafolclóricas. Também já estão definidas a participação de 27 entidades e restaurantes responsáveis pelos ranchos caipiras e caipirões da Semana Nenete, que acontece entre os dias 12 e 15 de julho próximo.

Além das atrações culturais, também haverá a entrada solene da imagem de Nossa Senhora Aparecida, vinda da comunidade da Capela Rural de Santa Eufrosina, do bairro Campo Alegre. A bênção será realizada pelo Padre José Antonio, pároco titular da Igreja Nossa Senhora Aparecida, da Vila Redenção.

Medalha – Desde o ano de 2006, o Poder Público Municipal condecora as famílias que vieram ao município para trabalhar na zona rural e, até hoje continuam ligadas à ela, pela importante contribuição ao desenvolvimento de Pirassununga.

Ao reconhecer esta inestimável contribuição, o prefeito Ademir Alves Lindo – por meio do Decreto nº 3.156/2006, instituiu a “Medalha Huquiles de Carli de Incentivo às Tradições Caipiras”. A comenda da cultura caipira destaca, também, cidadãos e instituições que atuam significativamente na preservação, divulgação e pesquisa, focadas da cultura popular tradicional no município.

Nesta 24ª Semana Nenete de Música Caipira, a municipalidade presta tributo à família Ambrósio – representada por Eduardo Ambrósio de Araújo, 75 anos -; e à família Ignácio, representada por João Ignácio, 76 anos.

O título de “Personalidade Destaque do Ano/2018” será conferido ao violeiro e cantador, Sebastião José Rosa de Camargo, 82 anos. Durante 27 anos, Sebastião Rosa e sua esposa Neide Aparecida Carneiro de Camargo – Neide Carneiro –, de saudosa memória, formaram uma das duplas de maior sucesso da região: o Duo Guarani.

Capela de Santa Eufrosina – No passado, as festas de Santa Eufrosina realizadas no dia 25 de setembro, no bairro rural Campo Alegre, reuniam centenas de pessoas em torno da pequena capela e das edificações que existiam.

É daquela comunidade de Santa Eufrosina, situada à margem da Rodovia Euberto Nemézio Pereira de Godoy (SP-201), cerca de 4km após o distrito de Cachoeira de Emas, sentido Santa Cruz das Palmeiras, que virá este ano a imagem da padroeira da Semana Nenete, Nossa Senhora Aparecida, padroeira da Semana Nenete de Música Caipira.

No local, hoje, além da capelinha, um túmulo fictício da menina Eufrosina (que não é a santa), algumas coberturas, restam paredes e alicerces de uma escola que ali existia e as ruínas do que um dia foi a “casa dos milagres”. Na Capela de Santa Eufrosina as missas são celebradas durante o dia.

A propriedade pertence à família Pavani; ali, em meados do século XIX, ocorreu o mais importante episódio relacionado à fé popular que se tem notícia na região: a história da menina Eufrosina que, aos 16 anos, morreu vítima de hanseníase (…), renasceu curada e morreu de novo. O acontecimento reuniu fiéis da região que lá se dirigiam em busca de uma graça e que acabaram assistindo sua morte no dia e horário que ela própria antecipou.

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo desenvolve projeto para ser encaminhado ao CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), para, depois, configurar o fato como Patrimônio Imaterial da Cultura do Município, pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: