Segurança vai lançar Campanha de Conscientização do Trânsito na rede municipal

A Secretaria Municipal de Segurança Pública já agendou para a próxima terça-feira (dia 29) o lançamento da Campanha de Conscientização do Trânsito nas escolas. Segundo o secretário municipal Paulo André Silva Tannús (Segurança Pública), a educação para o trânsito deve ser realizada desde o início da alfabetização das crianças, pois a realidade brasileira é uma das mais calamitosas em todo mundo.

Pelos dados oficiais do governo federal, o trânsito mata cerca de 60 mil pessoas todo ano no Brasil, o equivalente à Guerra do Vietnã (entre 1965 e 1975, no período deste conflito, foram perdidas cerca de 58,5 mil soldados e civis dos Estados Unidos e do país asiático); e deixa cerca de 60 a 70 mil pessoas com sequelas dos acidentes provocados. Com estes números alarmantes, o trânsito nacional só é mais caótico do que na China, Índia e México, ou mesmo cidades como Los Angeles e Nova York (EUA), além de Moscou (Rússia), Cidade do México, Santa Fé de Bogotá (Colômbia), Londres (Inglaterra) ou ainda, Nanquim (China) e Nova Délhi (Índia).

Esta campanha é uma realização da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), com participação em parceria, da Secretaria Municipal de Educação e o lançamento da Campanha de Conscientização do Trânsito vai ocorrer, pela manhã e tarde de terça-feira (dia 29 de maio), na escola municipal de ensino infantil e ensino fundamental (EMEIEF) “Zuleika Vélide De Franceschi Veloso”, na Vila São Pedro.

A escolha desta unidade foi devido a um trabalho já desenvolvido com esta escola. Na oportunidade, o próprio secretário municipal Paulo André Silva Tannús vai apresentar aos alunos e instituir a chamada “Multa Mirim”, um minitalonário similar a de um agente de trânsito, em que as crianças poderão “agir” e “fiscalizar” cada ato dos adultos, pais e responsáveis, no trânsito.

Desta maneira, podemos incentivar de forma educacional e prática, os alunos a serem ‘fiscais’ de seus próprios pais e responsáveis, ao exigir correção e atenção no trânsito. Toda vez que houver uma desatenção, as crianças, certamente, irão cobrar”, reitera o secretário.

As crianças deverão receber um exemplar deste minitalonário e, num exercício educacional, com orientação deste programa, poderão verificar possíveis irregularidades acometidas no trânsito. “Com este talão personalizado, as crianças vão aprender e ensinar, na prática, as regras básicas do trânsito”, observa Tannús.

A agenda de divulgação e de visitas de apresentação da Campanha de Conscientização do Trânsito às demais escolas da rede municipal que se interessem por este projeto será posteriormente divulgadas pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Demutran.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: