Saúde tem agenda para a campanha “Julho Amarelo”

Julho Amarelo

O setor de Serviços de Atendimentos Especializados da Secretaria Municipal de Saúde (SAE), que atende em conjunto com a equipe de controle das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST-Aids) na cidade, preparam para esta quinta-feira (27), evento de conscientização e erradicação das hepatites virais, uma das programações contidas no “Julho Amarelo”.

Todas as unidades básicas de saúde receberam dezenas de folders explicativos, cujo objetivo é convidar os interessados em seguir até o SAE – à rua XV de Novembro, nº 1018, centro – para realizar testes de verificação das hepatites “B” e “C”.

A campanha “Julho Amarelo” teve início há quase duas semanas (sábado, dia 15), em todo o Estado de São Paulo, organizada e promovida pela Secretaria de Estado da Saúde para prevenir e conscientizar a população sobre as hepatites virais. A primeira atividade da campanha inclui a realização de testes para detectar vírus das hepatites B e C.

As atividades prosseguem em dias alternados até 27 de julho, nos seguintes locais; a população será orientada a evitar as doenças e poderá fazer testes gratuitos de prevenção. A campanha será desenvolvida em homenagem ao Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, celebrado em 28 de julho, e acontece em um momento importante, pois aumentaram os casos de notificação da doença no Estado. Em 2016, segundo o Ministério da Saúde, foram notificados 7,6 mil casos de Hepatite C, contra 4,9 mil em 2014. Já os casos de Hepatite B aumentaram 3,7%, no mesmo período.

• Como evitar – A hepatite é uma inflamação no fígado que pode ser causada por diferentes vírus, uso de remédios e drogas injetáveis, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. As hepatites B e C podem ser contraídas por meio de relações sexuais, compartilhamento de agulhas, seringas ou uso de materiais perfurantes de higiene pessoal, como lâminas de barbear, alicates de unha e outros. A hepatite B também pode ser transmitida de mãe para filho durante o parto.

Por isso, é importante adotar medidas preventivas como o uso de preservativos nas relações sexuais e o não compartilhamento de seringas entre os usuários de drogas injetáveis. Os testes de hepatite B e C podem ser feitos em qualquer período.

Um comentário em “Saúde tem agenda para a campanha “Julho Amarelo”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: