Gripe: Campanha de Vacinação começa no dia 23

A gripe é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e à morte, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

Conhecido internacionalmente com a grafia italiana de ‘influenza’, a gripe se manifesta em vários tipos de vírus, porém, todos muito perigosos e são transmitidos facilmente por aerossóis produzidos por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar. Existem três tipos de vírus influenza: A, B e C.

O vírus influenza C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública e não está relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias. Os vírus influenza A são ainda classificados em subtipos de acordo com as proteínas de superfície.

Os principais sinais e sintomas são habitualmente de aparecimento súbito, como: calafrios; mal-estar; cefaleia (dor de cabeça); mialgia (dor muscular); dor de garganta; artralgia (dor articular); prostração (fraqueza); rinorreia (corrimento excessivo de muco nasal); e tosse seca.

As vacinas contra a gripe são modificadas anualmente para proteção contra as cepas virais de gripe em circulação. Para o ano de 2018, a vacina vai apresentar a seguinte composição: 1. um vírus similar ao vírus influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09; 2. um vírus similar ao vírus influenza A/Singapore/INFIMH-16-0019/2016 (H3N2); e 3. um vírus similar ao vírus influenza B/Phuket/3073/2013.

Vacinação – Para este ano de 2018, o Ministério da Saúde vai realizar a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a “influenza, no período que se inicia na próxima segunda-feira (23) até de junho de 2018, sendo que, no dia 12 de maio, será odia de mobilização nacional.

Nesta campanha, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças na faixa etária de seis meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os grupos portadores de doenças crônicas nãotransmissíveis e outras condições clínicas especiais e os professores das escolas públicas e privadas.

Unidades – Inicialmente, não informação de vacinação em etapas; a meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a vacinação. Conforme já anunciado na semana passada, em Pirassununga, a vacina será disponibilizada em nove Unidades de Saúde da Família, sempre de segunda à sexta-feira, com início no dia 23 deste mês até o dia de junho (sexta-feira): USFDra. Lúcia Mocho Rosa Tosi(Jardim São Valentim); USFJoão Balbi(Vila Santa Fé); USFDr. João Antonio Del Nero(Vila São Pedro); USFAristides Rodrigues(Vila Redenção); USFGuaraciaba Vanin(Bairro da Raia); USF “Jardim das Laranjeiras”; USFJosé Marafão(Jardim Limoeiro); USFRoque Di Matia (Vila Vila Brás); e Centro de Especialidades Médicas (CEM / Jardim Carlos Gomes).

• “Dia D” – Para oDia Dda Campanha de Vacinação contra a gripe, que será realizado no dia 12 de maio (sábado) a ser realizado horário das 8 e 17 horasestas serão as unidades que estarão em funcionamento: USFDra. Lúcia Mocho Rosa Tosi(Jardim São Valentim); USFJoão Balbi(Vila Santa Fé); USFDr. João Antonio Del Nero (Vila São Pedro); USFAristides Rodrigues(Redenção); USF “Guaraciaba Vanin(Raia); USF do Jardim das Laranjeiras; USFJosé Marafão(Jardim Limoeiro); USFRoque Di Matia” (Vila Vila Brás); USFRubens Santos Costa(Vila Esperança); USF da Vila Pinheiro; USFAna Paula Ferrari(Jardim Kamel); USFAngelina Orsi(Jardim Ferrarezzi); e Centro de Especialidades Médicas (CEM / Jardim Carlos Gomes).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: