Canil e gatil recebe grande reforma e estrutura é aprimorada

A Prefeitura de Pirassununga está finalizando uma etapa de dezenas de obras que melhoraram significativamente a estrutura do abrigo municipal de animais, incluindo o canil e o gatil municipal. Com dezenas de intervenções foram criadas novas salas, baias e estruturas, que já podem receber com perfeita adequação os mais diversos animais.

Foram construídas novas baias, azulejadas, com telhas isotérmicas. Com isso a Secretaria Municipal de Meio Ambiente pode agora realocar os animais com espaço adequado de acordo com a legislação do CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária), garantindo o bem-estar dos cães que lá estão.

O gatil também foi ampliado, com duas novas áreas de solário, que foram interligadas. Concomitantemente foram acrescentados vários materiais de enriquecimento ambiental e mais três cômodos como área coberta. Foi construído ainda um espaço para receber os filhotes.

Além de todas essas obras destinadas ao acolhimento de cães e gatos, foi feita uma área para abrigar animais de grande porte, com cercamento adequado e um embarcador para auxiliar no desembarque deles.

Uma das salas do prédio está sendo adaptada para ser transformada em área pós-cirúrgica. Dessa forma os animais submetidos a procedimentos cirúrgicos podem retornar mais brevemente ao canil e gatil logo após as intervenções veterinárias.

Pensando no bem-estar dos animais foi feita também uma limpeza num terreno já na área do abrigo de animais que não estava sendo utilizado. É importante ressaltar que foi respeitada a lei sobre APP (Áreas de Preservação Permanente) e não houve corte de nenhuma árvore, somente supressão da vegetação rasteira com o intuito de afastar possíveis animais nocivos aos cães e gatos do abrigo.

Com as melhorias foram criados novos espaços para serem utilizados como área de soltura, aliviando o estresse dos abrigados.

Outra obra fundamental foi o cercamento de todo o recinto, para proporcionar segurança aos animais e também às pessoas que ali trabalham. Novos portões na portaria de entrada também foram instalados.

Outra notícia positiva é que o prefeito Ademir Lindo já liberou verba para 100 castrações que serão realizadas prioritariamente nos animais errantes dos bairros periféricos.

O abrigo municipal de animais segue ainda com dois novos projetos, que podem ser realizados com ajuda da inciativa privada: a construção de mais 20 baias e a reforma de toda rede de esgoto do abrigo, além da construção de um emissário de esgoto até a estação de tratamento do SAEP.

Foi feita ainda a Adesão ao Programa Pet São Paulo. Agora a pasta aguarda retorno da Subsecretaria de Defesa do Animal Doméstico, vinculada a Casa Militar do Estado de São Paulo, para que seja assinada oficialmente a parceria. Com ela o município receberá uma verba para realização de feiras de adoção, capacitações, campanhas educativas sobre guarda responsável de cães e gatos, além de firmar convênios para apoio a castração e microchipagem.

Incentivo ao cão comunitário

O prefeito Ademir Lindo quer colocar em prática medidas que ajudem a tornar efetiva a lei do cão comunitário. Aprovada e válida há um ano, a lei municipal considera cão comunitário aquele que estabelece com alguma comunidade laços de dependência e de manutenção. O prefeito espera que a população pirassununguense abrace a causa e coloque em prática o projeto já permitido em lei.

O mesmo ordenamento prevê microchipagem dos animais por parte do Poder Público e colaboração da comunidade que irá “cuidar” dos cães. Com a lei em prática, o prefeito estima que haja diminuição do número de animais no canil. Para isso, contudo, é necessário interesse de comunidades e moradores na adoção comunitária.

Veja a relação de obras feitas no canil e gatil:

• Construção de novas baias, azulejadas, com telhas isotérmicas

• Duas novas áreas de solário no gatil, interligadas.

• Foram acrescentados vários materiais de enriquecimento ambiental e mais três cômodos como área coberta

• Construção de espaço para receber os filhotes

• Criação de área para abrigar animais de grande porte, com cercamento adequado e um embarcador para auxiliar no desembarque deles

• Adaptação de sala para ser transformada em área pós-cirúrgica

• Limpeza em terreno já na área do abrigo de animais que não estava sendo utilizado

• Nova área de soltura, aliviando o estresse dos abrigados

• Cercamento de todo o recinto

• Novos portões na portaria de entrada foram instalados

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: