Campanha de Vacinação contra gripe se encerra dia 1º de junho

A vacinação contra a gripe é uma campanha nacional e o Ministério da Saúde elegeu grupos prioritários para que sejam imunizadas em até três etapas. Esta campanha foi iniciada em abrildia 23e prossegue até o pós-feriado de de junho, sexta-feira.

A imunização é contra o vírus influenza, principal causador das variedades da gripe; após três semanas completas de realização da campanha em todo o país, a Vigilância Epidemiológica apurou a quarta parcial de adesão, já contabilizando o “dia de mobilização nacional”, ocorrido há duas semanas (dia 12). Já estão sendo vacinados todos os grupos, como os trabalhadores da Saúde, idosos, crianças de até 5 anos, gestantes e puérperas e, a partir desta terceira etapa, todos os demais grupos prioritários devem se vacinar, tais como pessoas com comorbidades e doenças, professores e privados de liberdade.

No quarto balancete, Pirassununga ampliou a vacinação para 66,77% de trabalhadores da Saúde Municipal, percentual este acima das médias apuradas no país (56,28%), Estado de São Paulo (48,22%) e da região GVE XX de Piracicaba (58,99%).

Além deste grupo prioritário, também estão sendo vacinados o grupo dos idosos: em Pirassununga, o índice é de 60,28%, e as demais apurações: no país, até o momento, foram imunizados 61,12%; no Estado de São Paulo, 62,99%; e no GVE XX de Piracicaba, este índice inicial é de 62,31%. Desde o início deste mês de maio iniciaram a vacinação, que incluem crianças, gestantes e puérperas.

A vacinação infantil tem os atuais percentuais: Pirassununga (34,29%), país (37,42%), Estado de São Paulo (26,26%) e o GVE XX de Piracicaba (27,34%); entre as gestantes, o índice aumenta em Pirassununga (46,05%), país (43,49%), Estado de São Paulo (31,93%) e GVE XX de Piracicaba (32,55%); e finalmente entre as puérperas / grávidas, tem os seguintes índices, Pirassununga (69,09%), país (63,33%), Estado de São Paulo (58,70%) e GVE XX de Piracicaba (52,07%).

Todos estes dados parciais são fornecidos pelo SIPNI-DATASUS até sexta-feira passada (18), às 8h30 da manhã. Tendo como base estes dados, restando uma semana para encerrar campanha, foram administradas no total, 10.910 doses até a tarde de sexta-feira (18), 1584 doses ao grupo de comorbidades e 9326 aos grupos prioritários. Após as três etapas, também serão atendidos os grupos de professores e privados de liberdade.

Segundo reitera a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Patrícia Isabela Cascardo Mellario, mesmo com grande adesão à campanha – se comparada com a Regional, Estado e país – a cidade ainda está distante de alcançar a média até o final do prazo, sexta-feira (1º de junho). “É necessário investirmos em estratégias de busca ativa da população ainda não vacinada, principalmente crianças”, observa.

Reta final – Como a meta é vacinar, pelo menos, 90% de todos os grupos, em Pirassununga, a vacina está disponibilizada em nove Unidades de Saúde da Família, sempre de segunda à sexta-feira, até o dia de junho (sexta-feira), que entra em sua reta final.

Fazem parte deste rol de atendimento: USFDra. Lúcia Mocho Rosa Tosi(Jardim São Valentim); USFJoão Balbi(Vila Santa Fé); USFDr. João Antonio Del Nero(Vila São Pedro); USFAristides Rodrigues(Vila Redenção); USFGuaraciaba Vanin(Bairro da Raia); USF “Jardim das Laranjeiras”; USFJosé Marafão(Jardim Limoeiro); USFRoque Di Matia (Vila Vila Brás); e Centro de Especialidades Médicas (CEM / Jardim Carlos Gomes).

Quaisquer outras informações complementares sobre a Campanha de Vacinação contra a gripe ou outras atividades do Setor de Vigilância Epidemiológica, podem ser obtidas através do telefone (19) 3561-6292.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: