Defesa Civil ratifica dados de tempestade

No fim da tarde do último dia 09 de outubro, Pirassununga foi atingida por uma forte chuva com raios e granizo. Os ventos superaram a marca de 100km/h. A precipitação durou cerca de 40 minutos mas foram registrados 80mm de chuva.
A cidade teve vários pontos de alagamentos, mais de 500 árvores caíram, atingindo carros e casas.
60 postes também foram derrubados pela força do vento e também pelas quedas de árvores.
A telefonia móvel ficou funcionando parcialmente, a cidade ficou sem energia elétrica e sem telefone fixo. A Elektro realizou mais de 800 atendimentos aos munícipes por conta dos danos decorrentes da chuva.
Para reparar os estragos no município foi necessário um trabalho em conjunto, coordenado pela Defesa Civil de Pirassununga, onde apoiaram a GCM de Pirassununga, a Defesa Civil de São Carlos, de Araras, Leme e Porto Ferreira, o Corpo de Bombeiros de Pirassununga, Araras, Americana e Piracicaba, a Polícia Ambiental, a SAEP, a Secretaria de Obras, a Academia da Força Aérea, o Exército, a Elektro e a Vivo.
Apesar dos danos causados no município, não houve registro de vítimas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.