Controle de Vetores divulga medidas preventivas no controle de escorpiões

Por meio do Controle de Vetores, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde divulga medidas preventivas no controle de escorpiões.

Cumpre reforçar que os escorpiões são predadores, alimentando-se principalmente de insetos e outros invertebrados. Os escorpiões podem ser encontrados nas cidades, ocorrendo em áreas verdes, parques, cemitérios, terrenos baldios, linhas de trem, em galerias de esgoto, de águas pluviais e de instalações elétricas, em meio a materiais de construção e entulhos. Alimentam-se principalmente de insetos, como baratas e de outros invertebrados.

Os escorpiões são considerados peçonhentos, pois possuem veneno e podem inoculá-lo através do ferrão. O quadro clínico do envenenamento pode variar, pois depende de diversos fatores como: a espécie do escorpião, a quantidade de veneno inoculado, a idade e a massa corpórea da vítima, sendo crianças e idosos, o grupo mais vulnerável. Em caso de acidentes, deve-se procurar auxílio médico o mais rápido possível.

Os acidentes são mais frequentes na primavera e verão, quando há o aumento natural da população de escorpiões em função do período de reprodução. Geralmente ocorrem quando o escorpião é pressionado contra o corpo, como estratégia de defesa do animal.

Devido às características dos escorpiões, ao risco que oferecem, visando evitar a presença e proliferação de escorpiões, estão sendo divulgadas as medidas elencadas.


Medidas preventivas no controle de escorpião:

– Mantenha sempre limpos jardins e quintais, aparando a grama com frequência.

– Manter limpos os sótãos, garagens e porões.

– Elimine o lixo proveniente da varredura de quintais e áreas externas. Não amontoe folhas, gravetos, papéis e outros objetos de abrigo para os escorpiões.

– Evite materiais empilhados, tais como: madeiras, tijolos, pedras ou sobras de construção. Estes objetos servem de abrigo para escorpiões, aranhas, favorecendo também o aparecimento de outros insetos que servem como alimento para os escorpiões, principalmente as baratas.

– Mantenha limpos os terrenos baldios próximos às residências. Não permita que estes locais transformem-se em vazadouros de lixo ou depósitos de entulhos.

– Vede frestas em portas, janelas, pisos, muros e paredes com revestimento de pedras ou azulejos.

– Reboque as paredes recém construídas, pois as perfurações dos tijolos servem de abrigo para os escorpiões.

– Limpe e tenha cuidados especiais com gavetas de armários de cozinha e de guarda-roupas, principalmente aquelas próximas ao assoalho.

– Limpar constantemente ralos de banheiro e de cozinha e tapá-los quando fora de uso.

– Mantenha alimentos acondicionados corretamente para evitar a instalação de baratas, formigas e outros insetos que podem servir como alimento para os escorpiões.

– Cuidado ao vestir roupas, principalmente calças compridas, que tenham ficado espalhadas pelo chão. Examine chinelos, sapatos e botas antes de usá-los.

– Manter os berços de crianças um pouco afastados das paredes. Verificar colchões e roupas de cama ao deitar as crianças.



Fonte das informações: Controle de Vetores / Vigilância Epidemiológica / Secretaria Municipal da Saúde e https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/controle_de_zoonoses/animais_sinantropicos/index.php?p=4504


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.