Vigilância confirma um caso “importado” de dengue

Após os primeiros três meses deste ano, a Vigilância Epidemiológica – vinculada à Secretaria Municipal de Saúde – divulgou mais um balancete parcial dos possíveis casos suspeitos de doenças, como dengue, chikungunya e zika. Na semana passada, o setor confirmou um caso de dengue, contraído fora do Município de Pirassununga. Foram mais de 100 dias sem quaisquer casos confirmados e, neste caso específico, a pessoa já está em tratamento intensivo.

Mesmo assim, estes dados continuam positivos: de forma geral, a população de Pirassununga está solidária e auxilia na prevenção de novos casos, seja de dengue ou das demais doenças transmitidas pelo vetor, o aedes aegypti. Portanto, mesmo com a chegada do outono e, em mais 60 dias, o inverno, é importante manter o controle total dos locais de procriação do mosquito que, em temperaturas mais frias e clima seco, a reprodução é bem mais lenta.

Na atualização desta semana, os números ainda seguem positivos e a Vigilância Epidemiológica, até esta segunda semana de abril, notificou 44 possíveis casos de dengue, sendo que 36 já foram descartados. Pelo menos sete casos ainda estão sob investigação e um caso “importado” foi confirmado. Os possíveis sintomas de chikungunya, que foram somados três casos, apenas um continua em observação; e os três casos suspeitos de zika também são acompanhados pela Saúde Pública, sendo dois “sob suspeita”.

Outro perigo que ronda a região, a febre amarela, também não possui qualquer caso notificado ou sob suspeita. Informações gerais sobre estas doenças podem ser obtidas no CEM ou pelo telefone (19) 3561-6292.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *