Semana Santa: veja quais serviços públicos que abrem ou fecham nesta semana

Considerada a principal data comemorativa da Igreja Católica, a Semana Santa é uma tradição que celebra a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Ela se inicia noDomingo de Ramos, quando se rememora a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, e termina com a Ressurreição de Jesus, que ocorre noDomingo de Páscoa.

Segundo a tradição, Jesus é recebido com ramos de palmeiras em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa, o condenaram à morte. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. De acordo com os evangelhos, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os discípulos, e entrou na cidade como um rei, mas sentado num jumentinho o símbolo da humildade e foi aclamado pela população como o Messias, o rei de Israel.

Estes são os significados de cada dia da Semana Santa: Segunda-Feira Santa, após oDomingo de Ramos, se recorda a prisão de Jesus Cristo, numa colina aos arredores de Jerusalém; na Terça-Feira Santa são celebradas as Sete Dores de Nossa Senhora e é muito comum também por ser o dia de penitência, no qual os cristãos cumprem promessas de vários tipos ou o dia da memória do encontro de Jesus e Maria noCaminho do Calvário; na Quarta-Feira Santa, em algumas igrejas é celebrada a piedosa procissão do encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Em outras igrejas cristãs, neste dia celebram o Ofício das Trevas, devido à proximidade da morte de Jesus.

na Quinta-Feira Santa ou da Ceia, celebra nas catedrais das dioceses, o bispo se reúne com o seu clero para celebrar a Celebração do Crisma, na qual são abençoados os óleos que serão usados na administração dos sacramentos do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos. Com essa celebração se encerra o Período da Quaresma. Neste mesmo dia, à noite, são relembrados os três gestos de Jesus durante a Última Ceia: a Instituição da Eucaristia, o lava-pés e instituição do sacerdócio. Pela tradição, é neste momento que Judas Iscariotes sai paraentregarJesus por 30 moedas de prata e, nesta mesma noite, Jesus é preso, interrogado e, no amanhecer da sexta-feira, açoitado e condenado.

A igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos de Jesus, que tiveram início nesta noite. A igreja se reveste de luto e tristeza, desnudando os altares (quando são retirados todos os enfeites, toalhas, flores e velas), tudo para simbolizar que Jesus está preso e consciente do que vai acontecer. Também cobrem-se todas as imagens existentes no templo.

Na Sexta-Feira Santa ou da Paixão, é recordada a morte de Jesus. É celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração da Cruz. A recordação da morte de Jesus consiste em quatro momentos: a Liturgia da Palavra, Oração Universal, Adoração da Cruz e Rito da Comunhão. Presidida por presbítero ou bispo, os paramentos para a celebração são de cor vermelha.

No Sábado Santo ou de Aleluia, traz a tradição que os cristãos, junto ao Santo Sepulcro, aguardam a Ressurreição. No final deste dia é celebrada a Solene Vigília Pascal, que se inicia com a Bênção do Fogo Novo, e também do Círio Pascal; proclama-se a Páscoa através do canto do Exultet e faz-se a leitura de oito passagens da Bíblia (quatro leitura e outros quatro salmos) percorrendo-se toda história da salvação, desde o Gênesis até o relato dos primeiros cristãos. Entoa-se oGlóriaeAleluia, que foram omitidos durante todo o período quaresmal; e também, o batismo daqueles adultos que se prepararam durante toda a quaresma. A celebração se encerra com a Liturgia Eucarística.

Finalmente, o Domingo de Páscoa é considerado o dia mais importante para a cristã, pois Jesus vence a morte para mostrar o valor da vida. Esse dia é estendido por mais cinquenta dias até o Domingo de Pentecostes, quando é rememorada aelevação de Jesus Cristo aos Céus.

Feriado – Neste ano, a Semana Santa compreende entre os dias 29 de março (quinta) e segue até Domingo de Páscoa (1º de abril), período em que alguns serviços municipais, exceto os essenciais, estarão momentaneamente paralisados. Assim, como já se faz tradicionalmente, a Quinta-Feira Santa (29) – Feriado Religioso – teve oficializada o “ponto facultativo”, assinada pelo prefeito Ademir Lindo (Decreto Municipal nº 7.056, de 20 de março) e o retorno dos trabalhos municipais recomeçam somente na segunda-feira seguinte (2 de abril). Por este motivo, o funcionamento das repartições públicas municipais, com exceção dos essenciais ou plantões retomam somente na semana seguinte (dia 2 de abril).

Serviços municipais Os serviços municipais funcionam até esta quarta-feira (28), com o expediente normal. Os trabalhos retornam somente na próxima segunda (2 de abril). Assim, o funcionamento das seções municipais prestadoras de serviços, seguem desta forma:

••• Paço Municipal e anexosFuncionamento normal até quarta-feira (28), retorna às atividades normais na segunda (2 de abril).

••• SAEP Como nos demais serviços da municipalidade, funcionamento normal até quarta (28) e retorna na segunda (2 de abril).

••• GMA Guarda Municipal vai atender em forma de plantão permanente, inclusive em todo fim de semana santo.

••• Vigilância, CEM e UBS’sTodas as unidades funcionam normalmente até quarta (28), mas retorna somente na segunda (2 de abril).

••• Pronto-SocorroFunciona em sistema de plantão, inclusive nos feriados e pontos facultativos.

••• Coleta e Feira LivreA coleta de lixo funciona normalmente em todos os dias; a Feira Livre segue o calendário normal.

••• Escolas municipais e crechesFuncionam normalmente até quarta (28); pára no período das Comemorações Pascais, e retornam às atividades na manhã de segunda (2 de abril).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: