Saep recebe moradores, avalia questionamentos de clientes e explica alterações em contas de água

O Saep (Serviço de Água e Esgoto de Pirassununga) realizou na manhã desta sexta-feira (22) uma reunião com dezenas de moradores de Pirassununga que se queixaram de alterações nos valores de contas de água nos últimos meses. A autarquia fez questão de estudar cada reclamação individualmente e apresentar publicamente as ocorrências e soluções para todos os casos. Na grande parte dos casos estudados, ficou comprovado que havia vazamentos nas residências, o que ocasionou aumentos no registro do consumo does imóveis. Apesar dos vazamentos, o Saep concordou em parcelar os débitos e conceder descontos quando apurado os vazamentos, baseando-se em lei municipal que prevê esta conduta.

O Superintendente do Saep, João Alex Baldovinotti, fez questão de receber os munícipes na sede do Saep e explicou que qualquer morador pode procurar a autarquia quando tive dúvidas ou registrar anormalidades em sua conta de água.

A reunião com os moradores contou ainda com representantes do Poder Legislativo. Os vereadores presentes também puderam questionar cada caso, fiscalizar a situação e puderam verificar que o Saep adotou todas as providências possíveis para cobrar as contas de cada morador de forma justa e fiel em relação ao consumo.

Nos casos mais recentes, o Saep convidou todos os moradores que abriram reclamações sobre as contas de água, analisou caso a caso e vistoriou cada um dos hidrômetros. “Estamos aqui para dirimir todas as dúvidas. Segundo ele, o Saep está de “portas abertas”. “Venham ao Saep, ouçam o Saep, não queremos lesar ninguém”, explicou. Por isso todos receberam explicações sobre as contas de água, tarifas, e a equipe do Saep explicou caso a caso a todos os presentes. Desde vazamentos até aumento de consumo, a equipe da autarquia demonstrou no que se basearam cobranças, inclusive apontando soluções para contas com aumentos significativos – concedendo os descontos legais quando constatado vazamento.

Veja exemplos de casos com registro de alteração na tarifa

Na reunião realizada pelo Saep na manhã desta sexta-feira (22) com os moradores que se queixaram de alterações nos valores de contas de água nos últimos meses, cada caso foi analisado individualmente. Veja abaixo alguns desses casos e as soluções:

Caso 1: Saep constatou que aumento de tarifa decorreu de real aumento do consumo. Hidrômetro foi verificado e estava normal. Como o aumento foi mais sutil, não há anormalidade. Ainda assim o Saep vai parcelar a conta.

Caso 2: Nesta residência existe ao menos três registros de vazamentos expressivos. Apesar disso, corrigido o vazamento, será dado o desconto pelo vazamento constatado e o valor devido será parcelado.

Caso 3: Média de consumo quase dobrou em um mês. Mas no mês seguinte o consumo voltou a despencar para a média. A moradora admitiu que houve caso de uma piscina que foi abastecida naquele mês – o que explica o aumento pontual no consumo.

Caso 4: Verificou-se que no período a moradora recebeu por alguns dias a visita de 6 pessoas (e na casa são 4 moradores). Além disso ao menos dois vasos sanitários tinham vazamentos. Isso explica o aumento fora da média de consumo no período analisado.

Caso 5: A média de consumo aumentou significativamente, mas um hidrômetro mensura o consumo de ao menos três imóveis. Além disso o Saep constatou vazamento no local. O morador não concordou com o entendimento, enquanto o proprietário desse mesmo imóvel verificou a visita do Saep in loco que constatou os vazamentos. Será concedido desconto pelo vazamento, como previsto em lei, mas haverá nova reunião entre Saep, morador e proprietário do imóvel para explicar as razões do aumento. Além disso indicou-se a necessidade de se individualizar as contas, instalando um hidrômetro para cada residência/loja, e assim verificar-se o consumo real de cada imóvel.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: