Ranchinho Alegre movimentou Teatro Cacilda Becker no último domingo de novembro

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo promoveu no último domingo de novembro (25) mais uma edição do Programa Ranchinho Alegre. Novamente a apresentação foi realizada no Teatro Cacilda Becker, com entrada gratuita.

Inspirados nas “divindades” na cultura caipira local, o programa recebeu violeiros e cantadores da cidade e região.

Com o apoio da Cervejaria Campanária, Agropecuária Agro Chiaratto e MG Móveis Rústicos, se apresentaram nesta edição do Ranchinho Alegre o Coral Sertanejo da USP (Pirassununga), o trio Manoel Borges, Laurinda e Rogério (Pirassununga), o cantor Miguel Dias (Porto Ferreira), a dupla Danilo & Spoljaric (Pirassununga) e o quinteto “Casa de Caboclo”, formado por Rosinei Rozin, Marlene Mormano, Daverson Gonçalves, Rogério Borges e Brener Borges de Melo (Pirassununga).

O convidado do “Banco de Prosa” foi Antonio Felippe. O agricultor e fotógrafo falou sobre as novas descobertas da menina Eufrosina – a Santa que o povo elegeu – que nasceu, viveu e morreu no Sítio Campo Alegre, na região de Cachoeira de Emas e contou também o que levou moradores de Santa Cruz das Palmeiras a se mobilizarem para reconstruir o telhado e a nova pintura da capela de Santa Eufrosina.

Com apresentação de Juliano Modena, o Ranchinho Alegre aconteceu das 10h às 12h com entrada gratuita.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: