Parceria repõe peixes no Lago Municipal

Na semana passada, na véspera de feriado nacional de quinta-feira (20), representantes do Instituto “Chico Mendes” de Biodiversidade (ICM-Bio, antigo Cepta/Ibama) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente estiveram nas dependências do Lago – Parque Municipal “Temístocles Marrocos Leite” – no Jardim do Lago, para proceder a soltura de pequenos peixes e milhares de alevinos para fazer a recomposição de várias espécies.

Segundo, informações do ICM-Bio, a reposição de peixes segue o critério técnico com alevinos de vários espécimes, como dourado, pacu, tilápia, carpa, matrinxã e também lambari. “O alevinos demoram de cinco a seis meses para ganharem cerca de 600 gramas. Rapidamente crescem e já podem ser pescados. O pedido é para que os pescadores devolvam os peixes pequenos, especialmente, matrinxãs e pacus, para que possam crescer e ganhar mais peso”, reitera o ICM-Bio.

Estes pescadores são os aposentados cadastrados junto à municipalidade que, em todas as terças-feiras de cada mês podem pescar, mas apenas com varas, sendo proibido quaisquer outras formas de pescaria predatória no Lago Municipal.

Uma nova reposição de várias espécies de alevinos deverá acontecer ao longo deste ano de 2017. No entanto, a pasta de Meio Ambiente e o ICM-Bio ainda deverão agendar novas datas para fazer a soltura de novos peixes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: