Lançamento da 24ª Semana Nenete apresenta atrações musicais

Nesta quarta-feira (dia 6), a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo fez o lançamento oficialem ato soleneda 24ª edição da Semana Nenete de Música Caipira, hoje considerada um das principais festas deste gênero em todo o país.

Esta solenidade aconteceu nas dependências do Centro de Convenções “Prof.-Dr. Fausto Victorelli” e teve como atrações no lançamento, da Orquestra “Canarinhos da Viola” e o Grupo de Danças Parafolclóricas, que apresentaram alguns números para o público presente. Houve a definição de todas as 27 entidades e restaurantes responsáveis pelos ranchos caipiras e caipirões da Semana Nenete, que acontece entre os dias 12 e 15 de julho próximo.

Além das atrações culturais, também houve a “procissão” solene da imagem de Nossa Senhora Aparecida, vinda da comunidade da Capela Rural de Santa Eufrosina, do bairro Campo Alegre, cuja bênção foi proferida pelo Padre José Antonio, pároco titular da Igreja Nossa Senhora Aparecida, da Vila Redenção.

MedalhaDesde o ano de 2006, o Poder Público Municipal condecora as famílias que vieram ao município para trabalhar na zona rural e, até hoje continuam ligadas à ela, pela importante contribuição ao desenvolvimento de Pirassununga.

Ao reconhecer esta inestimável contribuição, o prefeito Ademir Alves Lindo por meio do Decreto 3.156/2006, instituiu aMedalha Huquiles de Carli de Incentivo às Tradições Caipiras. A comenda da cultura caipira destaca, também, cidadãos e instituições que atuam significativamente na preservação, divulgação e pesquisa, focadas da cultura popular tradicional no município.

Nesta 24ª Semana Nenete de Música Caipira, a municipalidade presta tributo à família Ambrósio representada por Eduardo Ambrósio de Araújo, 75 anos -; e à família Ignácio, representada por João Ignácio, 76 anos.

O título dePersonalidade Destaque do Ano/2018será conferido ao violeiro e cantador, Sebastião José Rosa de Camargo, 82 anos. Durante 27 anos, Sebastião Rosa e sua esposa Neide Aparecida Carneiro de CamargoNeide Carneiro, de saudosa memória, formaram uma das duplas de maior sucesso da região: o Duo Guarani.

Atrações – Após as apresentações da Orquestra “Canarinhos da Viola” e do Grupo de Dança Parafolclóricas, além das homenagens, um dos momentos mais aguardados foram as definições das atrações musicais que ocuparão os palcos da 24ª Semana Nenete.

Estarão no Centro Cultural de Eventos “Dona Belila”: quinta-feira (12 de julho), as atrações serão Ronaldo Viola Filho & João Carvalho, além do tradicional cantor sertanejo Sérgio Reis; na sexta-feira (13), será a vez da dupla Duduca & Dalvan além de Gino & Geno; sábado (14), é a vez de Felipe & Falcão e também, de Rionegro & Solimões; finalmente, no domingo (15), a atração é a dupla Guilherme & Santiago.

Capela – No passado, as festas de Santa Eufrosina realizadas no dia 25 de setembro, no bairro rural Campo Alegre, reuniam centenas de pessoas em torno da pequena capela e das edificações que existiam.

É daquela comunidade de Santa Eufrosina, situada à margem da Rodovia Euberto Nemézio Pereira de Godoy (SP-201), cerca de 4km após o distrito de Cachoeira de Emas, sentido Santa Cruz das Palmeiras, que virá este ano a imagem da padroeira da Semana Nenete, Nossa Senhora Aparecida, padroeira da Semana Nenete de Música Caipira.

No local, hoje, além da capelinha, um túmulo fictício da menina Eufrosina (que não é a santa), algumas coberturas, restam paredes e alicerces de uma escola que ali existia e as ruínas do que um dia foi acasa dos milagres. Na Capela de Santa Eufrosina as missas são celebradas durante o dia.

A propriedade pertence à família Pavani; ali, em meados do século XIX, ocorreu o mais importante episódio relacionado à popular que se tem notícia na região: a história da menina Eufrosina que, aos 16 anos, morreu vítima de hanseníase (…), renasceu curada e morreu de novo. O acontecimento reuniu fiéis da região que se dirigiam em busca de uma graça e que acabaram assistindo sua morte no dia e horário que ela própria antecipou.

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo desenvolve projeto para ser encaminhado ao CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), para, depois, configurar o fato como Patrimônio Imaterial da Cultura do Município, pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: