Idosos são prioridade na Vacinação; prefeito explica razões

O prefeito de Pirassununga, Dr. Dimas Urban, explicou nesta terça-feira (9) as razões para a priorização dada à vacinação dos idosos nesse momento. Ele relembrou que a grande maioria dos casos atuais são de trabalhadores e de jovens e ressaltou que boa parte dos contaminados são pessoas que estão em atividade.

Mesmo assim o prefeito relatou que a urgência é vacinar pessoas acima dos 60 anos, já que estes são a maior parte dos afetados gravemente pela Covid-19, com grande parte dos óbitos.

O chefe do Executivo detalhou a realidade de mortes, que acometem os mais idosos. Segundo ele, até terça-feira (9) eram 51 mortes na cidade, das quais 44 mortes foram de pessoas acima dos 60 anos e outras 7 mortes de pessoas abaixo dos 60 anos. Ou seja, segundo o prefeito, a probabilidade de morte dos acometidos pela Covid-19 acima dos 60 anos é muito maior que em relação aos mais novos.

O índice de mortes no Município é de 1,5% dos contaminados, e apesar da gravidade da situação, em relação aos que tem abaixo de 60 anos o índice é menor, chegando a 0,25% segundo ele.

Por essas razões o foco segue sendo a vacinação do público idoso. São cerca de 15 mil pessoas acima dos 60 anos em Pirassununga.

A partir de quinta-feira da semana que vem (18) continuam as vacinações para as pessoas acima de 85 anos e será aplicada a segunda dose aos profissionais de Saúde (linha de frente) já vacinados, mas as vacinações realizadas na próxima semana acontecem no CEM, e nos postos da Vila Brás, Laranjeiras e Limoeiro (na Cachoeira de Emas).

Este cronograma segue até que se receba um novo lote de vacinas com idade determinada pelo Ministério da Saúde, já que o Município tem seguido rigorosamente as determinações e orientações do órgão federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *