Direitos Humanos lembra luta contra abuso e exploração sexual infantil

Nesta quinta-feira (18), a Secretaria Municipal dos Direitos Humanos, Cidadania e Juventude, juntamente com o Programa de Erradicação o Trabalho Infantil (PETI) – parceira da pasta de Promoção Social – mencionam uma das datas mais importantes do calendário deste segmento: o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Segundo informa a pasta, esta data marca uma “conquista”, que reflete sobre a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes em todo o território brasileiro. A data foi escolhida em memória da menina Araceli Cabrera Crespo, de 8 anos, no Estado do Espírito Santo que, no dia 18 de maio de 1973, sofreu violência sexual, física e foi assassinada por membros de uma tradicional família de Vitória (ES). Após sentença proferida, os acusados foram absolvidos das acusações.

Para que casos como esse não voltem a se repetir, a data de 18 de maio – anualmente – serve como “lembrete” para a sociedade, que a responsabilidade pela proteção de crianças e adolescentes é de todo cidadão brasileiro.

Quaisquer denúncias podem ser direcionadas no Disque Direitos Humanos (100); informações podem ser encaminhadas ao Conselho Tutelar – à rua dos Lemes, nº 1129, centro, próximo ao Terminal Rodoviário – pelo telefone (19) 3561-6379; ou ainda junto ao Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), pelo telefone (19) 3561-4215.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: