Circuito Sesc de Artes é realizado no TMCB

Previsto inicialmente para acontecer nas imediações da praça central, o roteiro do Circuito Sesc de Artes em Pirassununga, foi realizado nas dependências do Teatro MunicipalCacilda Becker, devido às pancadas de chuvas ocorridas durante a última sexta-feira (5), especialmente no período da manhã.

À tarde, quando até o sol chegoua dar o ar da graça, atividades dirigidas às crianças foram desenvolvidas ao lado do coreto. A ação,Palavra + Imagem, da Companhia Instituto Clio (SP), um acervo de livros ilustrados coordenado por mediadores de leituras individuais e compartilhadas, despertou o interesse da garotada.

A decisão do SESC de São Carlos de optar peloPlano B o TMCB fora acertada e não comprometeu as atividades programadas. Se elas tivessem sido mantidas na praça, o espetáculo teatralQFC Batalhas Improvisadas, da Companhia do Quintal (SP), não teria chegado ao seu final, porque as chuvas voltaram a cair por volta das 20 horas.

Desde o atrativoManivela Laboratório Interativo de Traquitanas, Engenhocas e outros Inventos, de Glauco Paiva (SP), às performances da Muovere Companhia de Dança Contemporânea (RS) executadas na faixa de pedestres em frente ao Teatro Municipal, aos Poetas Ambulantes (SP), brilhantes, passando peloRitual das Esferas, com Jorge Ribeiro e Zuza (SP), o público prestigiou, interagiu e aplaudiu a todos os espetáculos. A dupla Caju e Castanha improvisou e arrancou deliciosas gargalhadas. Ao som dos pandeiros, zabumba, sanfona e triângulo, o público cantou e se divertiu com as tiradas hilariantes dos artistas pernambucanos.

Hino A comédiaQFC Batalhas Improvisadas, com a Companhia. do Quintal (SP), encerrou as apresentações do Circuito SESI de Artes/2017, em Pirassununga. O destaque ficou por conta da professora Terezinha Tückmantel Dias, de Pirassununga, que estava acompanhada do esposo Clodomiro Alves Sampaio Dias.

O ator e diretor, César Gouvêa (apresentador do QFC), desceu do palco, foi até à poltrona de Dona Terezinha e pediu a ela que cantasse algo. Em alto e bom som, cantou o Hino de Pirassununga. No Instagram (rede social) da Companhia do Quintal, ao comentar o sucesso da apresentação em Pirassununga, Gouvêa disse:Dona Terezinha roubou a cena. Foi emocionante.

O Circuito Sesc de Artes é um

a realização do Sesc São Paulo. Em Pirassununga, contou com o apoio da Prefeitura Municipal por meio das Secretarias de Cultura e Turismo, Obras e Serviços, Segurança Pública, Governo e Administração, e do Sindicato do Comércio Varejista de Pirassununga (Sincomércio).

Pirassununga tem um público identificado com a proposta do Circuito SESC de Artes, que reúne diferentes linguagens. Mesmo com a mudança de local, pessoas de todas as idades foram ao Teatro Municipal para prestigiar o evento, comentou o secretário municipal Roberto Bragagnollo (Cultura e Turismo).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: