1º de Maio: veja quais serviços públicos que abrem ou fecham

O Dia do Trabalho é celebrado anualmente no dia de maio em numerosos países do mundo, sendo feriado, por exemplo, no Brasil e na maioria dos outros países. Esta data é, pelo calendário litúrgico, a celebração da memória de São José Operário por tratar-se do santo padroeiro dos trabalhadores, na Igreja Católica.

Em plena fase de Revolução Industrial na Europa e EUA, em 1886, realizou-se uma manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago (EUA). Essa manifestação tinha como finalidade reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias e teve a participação de milhares de pessoas. Nesse dia teve início uma greve geral nos Estados Unidos. Nos dias seguintes, os conflitos se intensificaram, o que acarretou na morte de mais de 20 pessoas, entre trabalhadores e agentes policiais (Revolta de Haimarcet).

Na Europa, três anos depois do corrido de Chicago/EUA (20 de junho de 1889), a chamada 2ª Internacional Socialista, de Paris (França), decidiram convocar anualmente uma manifestação, com objetivo de reduzir a jornada de trabalho para 8 horas diárias, e a data escolhida foi o 1º de Maio, para homenagear os acontecimentos nos EUA.

Somente no dia 23 de abril de 1919, o Senado Francês ratifica o dia de 8 horas e proclama o dia 1º de maio desse ano dia feriado. Em 1920, a União Soviética adota o dia como feriado nacional, e este exemplo é seguido por muitos outros países. Apesar de até hoje os estadunidenses se negarem a reconhecer essa data como sendo o Dia do Trabalhador, em 1890 a luta dos trabalhadores estadunidenses conseguiu que o Congresso aprovasse que a jornada de trabalho fosse reduzida de 16 para 8 horas diárias.

No Brasil, a chegada de imigrantes europeus também trouxeram os ideais trabalhistas; em 1917 houve uma greve geral e, com o fortalecimento da classe operária, o dia foi declarado feriado pelo presidente Artur Bernardes, em 1925. No início da Era Vargas (1930/45), esta movimentação operária tinha se caracterizado em um primeiro momento por possuir influências do anarquismo e mais tarde do comunismo, mas com a chegada de Getúlio Vargas ao poder, ela foi gradativamente dissolvida e os trabalhadores urbanos passaram a ser influenciados pelo que ficou conhecido como trabalhismo.

Assim, o Dia do Trabalhador no Brasil, se expressa especialmente pelo costume que os governos têm de anunciar neste dia o aumento anual do salário mínimo. Outro ponto muito importante atribuído ao dia do trabalhador foi a criação da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, em 1º de maio de 1943.

Feriado – Data de comemoração e reflexão internacional, a próxima segunda-feira (1º) todas as repartições públicas “guardam” a data e alguns serviços municipais, exceto os essenciais, estarão momentaneamente paralisados. A semana “termina normalmente” nesta sexta-feira (28) e retorna, normalmente, na terça-feira (2 de maio). Veja, como o funcionamento das repartições públicas municipais, com exceção dos essenciais ou plantões. Os serviços municipais funcionam até esta sexta-feira (28), com o expediente normal. Os trabalhos retornam somente na próxima terça (2 de maio). Assim, o funcionamento das seções municipais prestadoras de serviços, seguem desta forma:

••• Paço Municipal e anexosFuncionamento normal até sexta-feira (28), retorna às atividades normais na terça (2 de maio).

••• SAEP Como nos demais serviços da municipalidade, funcionamento normal até sexta (28) e retorna na terça (2 de maio).

••• GMA Guarda Municipal vai atender em forma de plantão permanente, inclusive em todo fim de semana prolongado.

••• Vigilância, CEM e UBS’sTodas as unidades funcionam normalmente até sexta (28), mas retorna somente na terça (2 de maio).

••• Pronto-SocorroFunciona em sistema de plantão, inclusive nos feriados e pontos facultativos.

••• Coleta e Feira LivreA coleta de lixo funciona normalmente em todos os dias; a Feira Livre segue o calendário normal.

••• Escolas municipais e crechesFuncionam normalmente até sexta (28); e retorna às atividades na manhã de terça (2 de maio).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: